Atlas das Utopias Reais: Criatividade, Cultura e Artes

Os diversos capítulos deste atlas seguem um trajecto que parte de uma breve reflexão sobre o significado das utopias reais e a sua ligação à geografia emocional, tão nitidamente expressa através das marcas que a criação artística imprime nas paisagens. Num segundo momento, são apresentadas, em grandes traços, as ligações entre a arte e o território, quer através da localização dos artistas e das práticas artísticas quer indirectamente por via das suas várias expressões e impactos espaciais na regeneração e dinamização das cidades, na requalificação do espaço público, na configuração dos mercados ou nas estratégias de desenvolvimento local. No percurso seguinte, são detalhados cinco espaços socialmente criativos que permitem identificar com maior precisão as práticas e os processos que produzem este tipo de meios desde Lisboa a Montreal Canadá). Na última etapa do trajecto, é lançado um olhar ao futuro, sendo comentado o papel do ensino artístico e revelada a faceta insurgente das artes e a sua importância no campo da inovação socio‑territorial.

Coordenação: Isabel André, Ana Estevens e Leandro Gabriel

Autores: Agustín Cócola Gant, Ana Estevens, André Carmo, Aquilino Machado, Frank Moulaert, Isabel André, Juan‑Luis Klein,Leandro Gabriel, Maria João Freitas, Mário Vale, Patrícia Rêgo, Soraia Silva; Prefácio: Teresa Barata Salgueiro

Edição: Outro Modo, Le Monde diplomatique – edição portuguesa e Centro de Estudos Geográficos, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, Universidade de Lisboa

2016 | Preço: 15€ (10% de desconto para assinantes)

Anúncios