Correntes invisíveis – Neoliberalismo no séc. XXI

A pergunta central deste livro é a seguinte: o neoliberalismo é uma ideologia? Podemos responder-lhe de várias formas. Nenhuma delas é definitiva. Para podermos formular uma resposta rigorosa, precisamos de desmistificar as suas bases cognitivas. Voltamos a enumerar os argumentos neoliberais. Identificamos algumas das instituições produtoras desses argumentos. E olhamos para as consequências da hegemonia neoliberal: economias e sociedades reconfiguradas à imagem de uma racionalidade. Utópica para poucos e distópica para quase todos.

Organização: Luís Bernardo

Autores: Alexandre Abreu, Carlos Santos, Dominique Lévy, Eva Illouz, Frédéric Lordon, Gérard Duménil, Ignacio Ramonet, João Rodrigues, José Nuno Matos, Luís Bernardo, Nuno Teles, Owen Jones, Patrick Vassort, Pedro Bingre do Amaral, Pierre Rimbert, Ricardo Paes Mamede, Sandra Monteiro, Vincent Gayon e Yvon Quiniou

Edição: Deriva  e Outro Modo, Le Monde diplomatique – edição portuguesa

2015 | Preço: 9,5€ (10% de desconto para assinantes)

Anúncios